Tipo de colágeno pode manter células do câncer dormentes, sugere estudo

Oncologia

Pesquisadores do Hospital Mount Sinai, nos Estados Unidos, descobriram que um tipo específico de colágeno — a principal proteína que compõe o tecido conjuntivo — era muito mais concentrado em áreas ao redor de células cancerígenas dormentes do que nas ativas. Para os cientistas, essa relação pode ser uma das respostas que explicam o porquê do câncer avançar ou não.